English
- +

07/08/2017

Curso de Metanálise de Rede de Evidências começa atividades

Iniciaram na manhã de hoje as atividades do Curso Metanálise de Rede de Evidências, que capacitará um grupo de profissionais e gestores que atuam em Avaliação de Tecnologias em Saúde, oriundos de diversas instituições e Estados brasileiros.

"Nosso objetivo é oferecer uma estrutura de conhecimentos avançados, de uma metodologia importante tanto para a pesquisa quanto para a gestão. São temas que a academia não consegue oportunizar e que esta parceria constituiu para preencher esta lacuna existente. Queremos que os participantes usufruam destas informações para atuar de forma crítica e qualifiquem o espaço de decisões", apontou a professora Carisi Anne Polanczyk, coordenadora geral do IATS.

A aula de abertura abordou, pela manhã, Revisão Sistemática, Rede de Evidências e Método de Bucher para Evidência Indireta. À tarde, a turma realiza exercícios.

"Esta formação traz um conteúdo muito importante para situações nas quais não há comparação direta entre as tecnologias a serem analisadas. Irá completar uma lacuna que existe na atividade de ATS", comentou a participante Dra. Evelinda Trindade, representante da Faculdade de Medicina da USP e da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. "É oportunidade para o aprofundamento metodológico em uma ferramenta muito importante para planejamento e gestão", completou o participante Dr. Wayne Beskow, analista em C&T pelo CNPq.

As atividades prosseguirão até sexta-feira, no Centro de Pesquisa Clínica do HCPA. O curso é promovido pelo Ministério da Saúde e pelo Hospital Moinhos de Vento, por meio do Proadi-SUS, com parceira do IATS.

 

Texto: Luiz Sérgio Dibe

Foto: Leonardo Lenskij