English
- +

29/04/2019

OMS divulga primeira diretriz sobre intervenções de saúde digital

Resenha elaborada pelo jornalista Luiz Sérgio Dibe

A OMS divulgou este mês o documento "Monitoring and Evaluating Digital Health Interventions: A practical guide to conducting research and assessment" para orientar as nações integrantes da organização sobre o uso da tecnologia de saúde digital, seja ela acessível via telefones celulares, tablets e computadores, para melhorar a saúde das pessoas e os serviços essenciais. De acordo com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, a boa utilização do poder das tecnologias digitais é fundamental para alcançarmos a cobertura universal de saúde. Para ele, as tecnologias digitais são ferramentas vitais para promover a saúde, manter o mundo seguro e servir aos vulneráveis.

Nos últimos dois anos, a OMS revisou sistematicamente as evidências sobre tecnologias digitais e consultou especialistas de todo o mundo para produzir recomendações sobre algumas maneiras de utilizá-las para maximizar o impacto nos sistemas de saúde e na saúde das populações. Como exemplo de intervenção digital que apresenta efeitos positivos, descreve a OMS, está o envio de lembretes a mulheres grávidas para que compareçam às consultas de pré-natal e às mães para que retornem ao sistema para vacinar seus filhos.

Contudo, a diretriz inédita apresentada pela organização destaca os potenciais da tecnologia digital, mas aponta firmemente que intervenções de saúde digital não são suficientes por si só, ressaltando que este é um complemento valioso para as interações "cara a cara", mas não pode substituí-las completamente. "Também é importante que as consultas sejam conduzidas por profissionais de saúde qualificados e que a privacidade das informações de saúde dos indivíduos seja mantida", define a OMS.

O documento está organizado em seis capítulos, que abordam os seguintes tópicos: "Visão geral do monitoramento e avaliação", "Preparando o palco para monitoramento e avaliação", "Monitorando as intervenções de saúde digital", "Avaliação de intervenções de saúde digital", "Avaliação de fontes de dados e qualidade para M & A","Relatar suas descobertas: a lista de verificação de Relatório e Avaliação de Evidência da mHealth (mERA)". Veja abaixo o link para acesso ao documento.

 

ACESSE AQUI A DIRETRIZ

 

 

Compartilhe: