IATS apresenta implementação em ferramenta de suporte à pesquisa clínica

Implementação da Ferramenta ROBINS-I (versão para estudos tipo coorte) em Excel, de autoria da pesquisadora Miriam Zago

A avaliação do risco de viés é parte integrante e essencial no processo de Avaliação de Tecnologias em Saúde, em especial no processo de revisão sistemática da literatura. Existem múltiplas ferramentas disponíveis para avaliação da qualidade metodológica dos diferentes desenhos de estudos. A ferramenta ROBINS-I (The Risk Of Bias In Non-randomized Studies – of Interventions)1 é a ferramenta recomendada para avaliação do risco de viés de estudos de intervenção não-randomizados (estudos observacionais) incluídos em revisões sistemáticas da Colaboração Cochrane2.

ACESSE AQUI A FERRAMENTA

A ferramenta ROBINS-I é similar à nova versão da ferramenta de avaliação do Risco de Viés de ensaios clínicos randomizados da Cochrane (RoB 2 – A revised Tool to assess risk of bias in randomized trials), na qual a avaliação do riso de viés é realizada para domínios específicos de viés, com questões norteadoras para cada domínio e autores são solicitados a documentar a informação na qual o julgamento está baseado.

Os tipos de estudos de intervenção não-randomizados que podem ser avaliados com a ROBINS-I são estudos quantitativos estimando a efetividade (malefício ou benefício) de uma intervenção, que não utilizaram randomização para alocar unidades (indivíduos ou grupos de indivíduos) para os grupos de comparação. Isto inclui estudos de coorte, caso controle, estudos controlado antes e depois, estudos de séries temporais interrompidas e ensaios clínicos controlados nos quais a alocação não é completamente randomizado (“quasi randomizados”).

A ferramenta está disponível em sua versão mais atualizada (Outubro 2016) no site www.riskofbias.info, com template para preenchimento da avaliação de cada estudo individual em word.

Para facilitar a organização da avaliação do risco de viés com a ferramenta ROBINS-I, a aluna de doutorado Miriam Allein Zago Marcolino, orientada pela professora Carisi Anne Polanczyk e coorientada pelo professor Rodrigo Antonini Ribeiro, fez a implementação da ferramenta ROBINS-I em formato excel, permitindo a transposição da avaliação de até 100 estudos em uma mesma planilha, com macro que facilita a reprodução da avaliação em uma tabela de resumo dos resultados da avaliação.

Esta implementação foi criada como parte das atividades de estágio docente da aluna Miriam no Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal do Rio-Grande do Sul, em primeira edição de disciplina voltada para instrumentação na avaliação da qualidade metodológica e qualidade da evidência. A disciplina contou com a colaboração de diversos pesquisadores com experiência em ATS e abordou as principais ferramentas de avaliação do risco de viés dos diferentes deline e GRADE para avaliação da qualidade da evidência.

Digno de nota, nenhuma alteração ao conteúdo da ferramenta foi feita. Esta planilha foi construída para facilitar a apresentação final do resultado da avaliação, mas não exclui, de forma alguma, o uso da ferramenta original e seu manual de orientação, ambos disponíveis no site www.riskofbias.info.

Sobre a implementação em Excel
A implementação em Excel distribui o conteúdo da ferramenta ROBINS-I em 3 abas executivas (marcadas em amarelo), duas abas com resumo dos resultados (marcadas em azul) e duas abas com as tabelas de orientação para julgamento do risco de viés (marcadas em laranja).

Abas da ferramenta:

  • ‘Presentation’: Contém a apresentação da ferramenta ROBINS-I e link para acesso à ferramenta em word, pdf e manual detalhado, assim como uma apresentação da implementação em excel.
  • ‘Stage I – At protocol stage’: Contém os espaços destinados para apresentação da questão de pesquisa e outras informações comuns aos estudos a serem avaliados, como domínios de confundimento e co-intervenções.
  • ‘Stage II – For each study’: Contém os espaços destinados para apresentação das características de descrição de cada estudo apresentadas pela ferramenta (inclui definição do “ensaio clínico randomizado alvo”, objetivo da avaliação do estudo, desfecho a ser avaliado, resultado a ser avaliado, considerações preliminares de confundidores e considerações preliminares de co-intervenções.
  • ‘RoB Assessment’: Contém os domínios e questões norteadoras para avaliação de cada domínio da ferramenta, com colunas para cada estudo incluído (máximo 100). Para cada questão norteadora, estão disponíveis em lista suspensa as opções de resposta apresentadas pela ferramenta, com formatação condicional em cores conforme orientação da ferramenta (sublinhadas em verde respostas indicativas de baixo risco de viés e em vermelho respostas indicativas de alto risco de viés).
  • ‘Detailed results’: Contém tabela com transposição da avaliação feita na tabela ‘RoB Assessment’ com cada estudo em uma linha. Nesta aba está um botão para ativar a macro que transpõe os resultados das avaliações de cada estudo.
  • ‘Summary results’: Tabela com transposição apenas da avaliação final de cada domínio, com cada estudo em uma linha.
  • ‘RoB judgement tables 1 and 2’: Contém as tabelas de orientação para o julgamento de cada domínio (“Table 1. Reaching risk of bias judgements in ROBINS-I: pre-intervention and at-intervention domains” e “Table 2. Reaching risk of bias judgements in ROBINS-I: post-intervention domains”), conforme descrito na ferramenta ROBINS-I.
  • ‘RoB judgement table 3’: Contém a tabela com orientação para interpretação do risco de viés ao nível do domínio e risco de viés global na ROBINS I (“Table 3. Interpretation of domain-level and overall risk of bias judgements in ROBINS-I”), conforme descrito na ferramenta ROBINS-I.

Referências:
Sterne Jonathan AC, Hernán Miguel A, Reeves Barnaby C, Savović Jelena, Berkman Nancy D, Viswanathan Meera et al. ROBINS-I: a tool for assessing risk of bias in non-randomised studies of interventions BMJ 2016; 355 :i4919
Sterne JAC, Hernán MA, McAleenan A, Reeves BC, Higgins JPT. Chapter 25: Assessing risk of bias in a non-randomized study. In: Higgins JPT, Thomas J, Chandler J, Cumpston M, Li T, Page MJ, Welch VA (editors). Cochrane Handbook for Systematic Reviews of Interventions version 6.1 (updated September 2020). Cochrane, 2020. Available from www.training.cochrane.org/handbook.

Comentários desativados