IATS lança segunda edição do Dicionário de ATS

Material interativo está disponível para acesso online gratuito

Em 2015, o IATS ganhava destaque no portal do CNPq com o lançamento da primeira edição do Dicionário de ATS, elaborado por pesquisadores do IATS em 2014. Agora, em 2021, o Instituto disponibiliza uma edição atualizada do conteúdo.

Além do acréscimo no número de verbetes, que passou de 181 para 243, esta versão do Dicionário ainda conta com recursos de interatividade, facilitando o acesso dos usuários. Na versão de download, cada verbete possui um ícone que permite ao leitor acessar a referência para incluir em seu referencial teórico. O design inovador do Dicionário visa facilitar o uso com objetivo de ser uma ferramenta prática para consulta de interessados, principalmente, pelos alunos de pós-graduação. A outra novidade é que o Dicionário ganhou uma versão em espanhol, também disponibilizada no site.

De acordo com a Prof. Dra. Carisi Anne Polanczyk, coordenadora do IATS, “a segunda edição do Dicionário foi atualizada com terminologias e o grande diferencial está na criação das interatividades para facilitar as citações em produções científicas, que poderão ser referenciadas em seus trabalhos”.

Quatro pesquisadores do IATS com experiência em avaliação de tecnologias em saúde, Ana Paula Beck da Silva Etges, Milena Soriano Marcolino, Nathalia Sernizon Guimarães e Nórton Luís Oliveira, foram responsáveis pelas atualizações de conteúdo do material, que ainda contou com a revisão técnica de outras duas pesquisadoras, Fernanda D’Athayde Rodrigues e Noêmia Teixeira de Siqueira Filha.

O material já está disponível para acesso e para download no site do IATS. “A partir do uso do Dicionário, espero que o leitor tenha maior entendimento sobre esse vocabulário, já que a ATS é uma área do conhecimento especifica e com necessidade de disseminação”, declara Carisi.

Comentários desativados