Lançada Linha de Cuidado da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) no Adulto pelo Ministério da Saúde

Segunda Linha de Cuidado é disponibilizada pelo MS no Portal da iniciativa

Popularmente chamada de “pressão alta”, segundo o Ministério da Saúde, a Hipertensão Arterial Sistêmica atinge mais de 38 milhões de pessoas no Brasil. Só em 2019, foram realizadas mais de 28 milhões de consultas na Atenção Primária e registradas 52 mil internações relacionadas à hipertensão.

O lançamento da Linha de Cuidado da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) no Adulto tem como intuito orientar o serviço de saúde para centrar o cuidado no paciente e em suas necessidades. O projeto das Linhas de Cuidado (LC), coordenado pelo Ministério da Saúde em parceria com o IATS, tem como objetivo principal a criação de padronizações técnicas que explicitam informações relativas à organização da oferta de ações de saúde no sistema, no âmbito do Sistema Único de Saúde brasileiro.

De acordo com o Dr. Miguel Gus, médico cardiologista e revisor técnico da LC, o lançamento da Linha é “muito importante para todos os profissionais de saúde e para a população em geral”, pois permite uma homogeneização do atendimento, além de promover o “entendimento de como se conduzir diante de uma pessoa hipertensa em todos os níveis de atendimento de saúde”.

Ao todo, o projeto conta com o desenvolvimento de 24 Linhas de Cuidado que devem ser disponibilizadas pelo Ministério da Saúde no Portal do projeto.

Comentários desativados