Live apresenta primeiras informações de projeto que avalia saúde física e mental dos profissionais da linha de frente na Covid-19

Live acontece no canal do IATS no YouTube, nesta quinta-feira, dia 29/10

Dos 712 profissionais de saúde participantes do questionário do projeto “Avaliação dos riscos e saúde mental de Profissionais de Saúde que cuidam de pessoas com Covid-19”, 47% são médicas (216) e médicos (118); 23% são fisioterapeutas (147 feminino / 14 masculino); 19% enfermeiras (96) e enfermeiros (41); 11% técnicas (64) e técnicos (16) de enfermagem.

As características do grupo de profissionais de saúde que compõem a amostragem para o projeto e outros temas relacionados à pesquisa que está sendo desenvolvida mediante cooperação entre Fiocruz-PE, UFPE, UPE, Fitec Inovações Tecnológicas e IATS serão apresentados nesta quinta-feira no programa Diálogos IATS News, em transmissão ao vivo pelo Canal do YouTube.

Será a terceira live promovida pelo INCT IATS e terá como entrevistada a Profa. Dra. Maria de Fátima Pessoa Militão de Albuquerque, coordenadora do projeto. A transmissão ocorrerá no dia 29 de outubro, às 11h, pelo Canal INCT IATS do YouTube.

Maria de Fátima (acima) falará sobre o desenvolvimento do projeto, que atua em Regiões Metropolitanas das Capitais de quatro Estados brasileiros, e mapeia os impactos sobre a saúde física e mental daqueles profissionais de saúde que estão na linha de frente do enfrentamento da pandemia.

A pesquisadora descreverá aspectos sobre a construção da pesquisa e revelará alguns pontos sobre a condução metodológica do estudo.

“Diálogos” foi impulsionado pela pandemia em agosto

Na primeira edição, ocorrida em 16 de setembro, foram abordados temas como vacina e transição pós-pandemia, numa entrevista com as professoras Carisi Polanczyk (Coordenadora Geral do IATS) e Cristiana Toscano (Integrante do Comitê Gestor e Líder da Formação de Recursos Humanos).

Na segunda edição, que aconteceu em 8 de outubro, o vice-coordenador do INCT, professor Antônio Luiz Pinho Ribeiro, falou sobre temas como avanço da telemedicina e agravamento no cenário das doenças cardiovasculares como consequência da Covid-19.

Comentários desativados