MS divulga portal das Linhas de Cuidado, projeto desenvolvido em parceria com o IATS

Portal irá disponibilizar ao todo 24 Linhas de Cuidado

Em 2019, o Ministério da Saúde demandou do IATS uma proposta de projeto para o desenvolvimento de Linhas de Cuidado (LC), com vistas a fortalecer as redes de atenção à saúde no Brasil. O objetivo principal é a criação de padronizações técnicas que explicitam informações relativas à organização da oferta de ações de saúde no sistema, no âmbito do Sistema Único de Saúde brasileiro.

As LC descrevem o itinerário do paciente, contemplando informações relativas às ações e atividades de promoção, prevenção, tratamento e reabilitação a serem desenvolvidas por equipe multidisciplinar nas unidades de atenção à saúde, definindo o papel de cada integrante do processo. Além disso, as LC viabilizam a comunicação entre as equipes, serviços e usuários de uma Rede de Atenção à Saúde, com foco na padronização de ações, organizando um continuum assistencial, assim como instrumentalizam gestores para criação das Redes de Atenção à Saúde.

O projeto foi iniciado com a Linha de Cuidado para Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Adulto. No portal, os usuários partem do local em que se encontram. Em cada ponto assistencial encontra-se o fluxo de atendimento para que o profissional de saúde possa avaliar a especificidade de cada paciente. O projeto prevê o desenvolvimento de outras vinte e três linhas de cuidado em saúde, em formato digital com arquivo em PDF para impressão.

De acordo com a Prof. Dra. Carisi Anne Polanczyk, coordenadora do IATS, “esse projeto foi desenvolvido utilizando diferentes aspectos metodológicos, desde a definição das Linhas Cuidado prioritárias pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde, como o trabalho de grupos de especialistas de uma equipe multidisciplinar que buscou as melhores evidências científicas para compor o que seria o fluxo assistencial ideal, visando o melhor atendimento para o paciente na sua necessidade”. Por seu caráter inovador, a Dra. Karen Brasil Ruschel, pesquisadora integrante do IATS, considera o projeto um “grande marco na Rede de Atenção à Saúde no Brasil”. Confira o vídeo de apresentação do projeto com depoimentos de pesquisadoras e profissionais envolvidas:

Comentários desativados