Pesquisadores do IATS participam de congresso mundial em AVC

A participação será para apresentar os resultados de um estudo inédito

Uma proposta inédita sobre um modelo de estimativa de custo para tratamento de AVC será apresentada no 13º Congresso Mundial de AVC (13th World Stroke Congress). O estudo também é pioneiro em aplicar o método Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC) para a linha de cuidado do AVC. O TDABC é reconhecido como padrão ouro para medição de custos na literatura por possibilitar uma melhor gestão estratégica de custos e processos de saúde.

Instigados pela migração de estratégias de reembolso por volume para valor em todo o mundo decorrente dos contínuos aumentos nas despesas de saúde, os pesquisadores propuseram um modelo de estimativa de custos ajustado aos desfechos na alta hospitalar, terapias utilizadas no tratamento e risco na chegada dos pacientes ao hospital. Essa pesquisa também representa a maior coorte de pacientes hospitalizados por terem sofrido um AVC no Brasil já avaliada em um estudo de custos no Brasil, mas a medição de custos não é a maior contribuição do estudo na opinião dos pesquisadores.

Ao apresentar um modelo de estimativa de custo ajustado ao risco, o estudo elucida como é possível dimensionar estratégias inovadoras de reembolso para a linha de cuidado do AVC no Brasil e, assim, melhor utilizar os recursos de saúde, afirma a Prof. Dra. Ana Paula Etges, umas das autoras do trabalho.

O estudo está alinhado ao eixo de pesquisa em Value-Based Health Care (VBHC), conceito que objetiva que o investimento em cuidados de saúde seja convertido em melhoria na saúde da população, e ao TDABC in Healthcare Consortium, um grupo colaborativo de pesquisadores e instituições dedicadas a melhorar a qualidade dos projetos que aplicam o custo baseado em atividades orientado pelo tempo. A realização da pesquisa só foi possível por ter sido estabelecida uma colaboração científica com a Rede Brasil AVC.

A apresentação do trabalho será realizada nesta quinta-feira (28/11), às 14 horas. O resumo do trabalho intitulado “Moving the brazilian ischemic stroke pathway to a value-based care: the introduction of a risk adjusted cost estimate model for stroke treatment” foi publicado nos anais do evento, que podem ser consultados aqui.

Comentários desativados