Proposição de programa de gestão de saúde baseada em valor para a linha de cuidado do AVC isquêmico no Brasil

Apresentação

Esta pesquisa visa discutir a viabilidade de tornar linhas de cuidado prioritárias no Brasil orientadas a valor, tendo como objetivo principal propor um modelo de gestão de saúde baseada em valor para os sistemas de saúde suplementar e pública que permita orientar a gestão e alternativas de reembolso de saúde no Brasil.  Em colaboração com a Rede Brasil AVC, esse estudo avaliou dados de 839 pacientes hospitalizados para o tratamento do AVC isquêmico em três centros brasileiros e propôs um modelo de estimativa de custos que contempla o nível de risco clínico, a terapia e o desfecho dos pacientes. Os dados de custo foram obtidos aplicando metodologia do time-driven activity based-costing (TDABC) durante a internação e em 90 dias após evento; e os dados clínicos seguiram os instrumentos preconizados pelo consorcio internacional de desfechos (ICHOM).

Os resultados em processo de publicação oriundos desse projeto serão ser utilizados em análises econômicas futuras e, também, para direcionar políticas de gestão e remuneração da linha de cuidado no sistema de saúde brasileiro.

Além disso, a pesquisa realizada no Brasil desencadeou oportunidades de expansão do uso dos mesmos instrumentos e abordagens em países de baixa renda com apoio da World Stroke Organization. Espera-se que países da América Latina e África possam usufruir de instrumentos que permitam monitorar desfechos e custos dos seus centros especializados de cuidado em AVC e assim mais acuradamente possam gerir os seus serviços. Em outra vertente, o estudo tem gerado multiplicação das metodologias aplicadas para outras condições clínicas, como por exemplo, a insuficiência cardíaca e o COVID-19. 

A continuidade dessa linha de pesquisa também possui potencial de internacionalização. Colaborações com grupos norte-americanos e europeus se estabeleceram nos projetos vigentes, tanto para o desenvolvimento científico quanto para a formação de pessoas e há múltiplas oportunidades e interesse de avanços em colaboração. 

Publicações relacionadas:

Etges, A. P., Ogliari, L., Souza, J. S., Zanotto, B., Bertoglio, C. R., & Polanczyk, C. A. (2021). PND21 A Tool Proposal For Measuring Costs Using Time-Driven Activity-Based Costing For The Ischemic Stroke Care Pathway. Value in Health, 24, S162. Link.

Zanotto, B., Etges, A. P., Dal Bosco, A., Cortes, E. G., Ruschel, R., Martins, S. O., … & Polanczyk, C. A. (2021). PCV50 Automatic Classification of Electronic Health Records for a Value-Based Program through Machine Learning. Value in Health, 24, S76. Link.

Status: Em andamento
Início: Dezembro/2019

Conclusão Prevista: Dezembro/2022
Eixo temático:
Serviços de Saúde e Políticas Públicas
Doenças cérebro vasculares


Eixo metodológico: Análises Econômicas
Modelos de gestão em saúde
Fonte de Fomento:
CAPES
FIPE
Instituição coordenadora:
IATS


Instituições participantes:
Hospital Moinhos de Vento
Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP)
Hospital São José de Joinville
Coordenação: 
Carisi Anne Polanczyk


Integrantes: 
Ana Paula Beck da Silva Etges
Sheila Cristina Ouriques Martins
Bruna Stella Zanotto
Ana Claudia de Souza
Leonardo Alves Ogliari
Luciane Nascimento Cruz
Eduardo Gabriel Cortes

Avner Dal Bosco e Ricardo Cardoso
Juliana Safanelli
Octavio Marques

Em Andamento