Efeito da suplementação com taurina como adjuvante na terapia convencional do diabetes sobre o perfil glicêmico, renal, lipídico e inflamatório de pacientes com diabetes do tipo 2: um ensaio clínico randomizado

Apresentação

Diabetes mellitus tipo 2 (DM2) é uma doença não transmissível, caracterizada por hiperglicemia crônica, que determina complicações crônicas e aumento de mortalidade. Embora a terapia farmacológica convencional apresente eficácia, alguns indivíduos não atingem os alvos glicêmicos estabelecidos, sendo necessária a adoção de estratégias adjuvantes. A taurina é um aminoácido semi-essencial com propriedades antioxidantes e osmorreguladoras, comumente utilizada como suplemento nutricional. Estudos pré-clínicos mostram sua eficácia na redução da glicemia e do colesterol, porém não há estudos clínicos bem conduzidos avaliando o efeito da taurina sobre a hemoglobina glicada (HbA1c). Portanto, este ensaio clínico duplo cego, randomizado, controlado por placebo, pretende avaliar o efeito da suplementação de taurina via oral sobre parâmetros glicêmicos, lipídicos, inflamatórios, antropométricos e alimentar em indivíduos com DM2. Este estudo será conduzido no Centro de Pesquisa Clínica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

Serão recrutados 94 participantes com DM2, randomizados para receber 2 g de taurina, 3 vezes/dia, via oral, por 12 semanas ou cápsulas contendo placebo. Será realizada coleta de sangue prévio ao início do tratamento e após 12 semanas, investigando-se HbA1c, glicemia de jejum, insulinemia, colesterol total e frações, triglicerídeos, proteína C reativa, fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α) e interleucina 1 e 6. Também serão investigados parâmetros antropométricos e recordatório de consumo alimentar de 24 h. Os participantes serão contatados semanalmente para relato de efeitos adversos e farão visitas mensais ao HCPA para avaliações antropométricas. Esperamos encontrar redução de cerca de 0,5% da HbA1c e melhora do perfil lipídico e inflamatório nos participantes tratados com taurina. Os resultados deste ensaio clínico poderão nortear a tomada de decisão para indicação da taurina como adjuvante na terapia convencional do tratamento do DM2 em indivíduos que não atingiram o alvo terapêutico, prevenindo complicações crônicas associadas ao diabetes.

Status: Em andamento
Início: Janeiro/2021

Conclusão Prevista: Dezembro/2022
Eixo temático:
Hipertensão Arterial, Diabetes Mellitus, Obesidade, Terapias


Eixo metodológico: Ensaios Clínicos Randomizados
Fonte de Fomento:
Edital Decit/SCTIE/MS-CNPq-FAPERGS 08/2020 – Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde – PPSUS
Instituição coordenadora: UFRGS

Instituições participantes:
UFRGS/HCPA
Coordenação: 
Beatriz D. Schaan (UFRGS/HCPA)


Integrantes:
Rosane Gomez (UFRGS)
Patrícia Martins Bock (UFRGS)
Rafael S. Scheffel (UFRGS/HCPA)
Greice Caletti (UFRGS)
Vinícius Timm Toniazzo (PUCRS/UFRGS)
Monique Vargas Cardoso (UFRGS)
Coordenação: 
CALETTI, G. et al. Antidepressant effect of taurine in diabetic rats. Amino Acids, v. 43, n. 4, p. 1525–1533, out. 2012.
Link para acesso:

Clique Aqui
CALETTI, G. et al. Antidepressant dose of taurine increases mRNA expression of GABAA receptor α2 subunit and BDNF in the hippocampus of diabetic rats. Behavioural Brain Research, v. 283, p. 11–15, 15 abr. 2015.

Link para acesso:
Clique Aqui
CALETTI, G. et al. Taurine counteracts the neurotoxic effects of streptozotocin-induced diabetes in rats. Amino Acids, v. 50, n. 1, p. 95–104, jan. 2018.

Link para acesso:
Clique aqui
GOMEZ, R. et al. Acute intraperitoneal administration of taurine decreases the glycemia and reduces food intake in type 1 diabetic rats. Biomedicine & Pharmacotherapy, v. 103, p. 1028–1034, jul. 2018. Link para acesso:

Clique aqui

Em Andamento