Pesquisa

A pesquisa do IATS

A Pesquisa do IATS se destaca pela estreita sintonia com as demandas da saúde pública brasileira, sendo o SUS e suas instâncias de gestão os maiores beneficiários das evidências produzidas pelo INCT. Ao longo da trajetória de pouco mais de 10 anos de atividades, o instituto já contribuiu com estudos sobre vacinas, programas para qualificação assistencial, definição de estratégias de enfrentamento a doenças crônicas não-transmissíveis (DCNTs), atualização de protocolos clínicos e diretrizes metodológicas para pesquisa. Parte significativa desta produção está publicada em importantes periódicos científicos reconhecidos internacionalmente.

Projetos

Intervenção Digital para Otimização do Manejo da Insuficiência Cardíaca após Alta Hospitalar: OPT-HF
Vulnerabilidades Associadas ao Contexto da Sífilis Adquirida no Distrito Federal
Control of Hypertension and Diabetes in Minas Gerais: the CHArMING Project
Estratificação de risco na Atenção Primária através do eletrocardiograma combinado com a ecocardiografia de rastreamento: o estudo PROVAR+

Eixos de pesquisa

Avaliação de Tecnologias em Saúde

A avaliação das tecnologias em saúde (ATS) é um processo baseado em evidências que procura examinar as consequências da utilização de uma tecnologia de cuidados de saúde.

Value-Based Health Care

O conceito de VBHC foi proposto em 2007 pelos professores da Escola de Negócios de Harvard, Michael Porter e Elizabeth Teisberg, para proporcionar que o investimento em cuidados de saúde fosse mais convertido em melhoria na saúde da população.

Inteligência Artificial para a Saúde

Pesquisa e o desenvolvimento de soluções avançadas de inteligência artificial (IA), capazes de auxiliar profissionais de saúde no diagnóstico e tratamento de doenças, e orientar gestores de saúde na programação de ações de prevenção e organização da assistência à saúde.