Pesquisadora do IATS apresenta estudo no ISPOR

Como as diferenças nos fluxos de cuidado no procedimento de angioplastia coronariana entre hospitais públicos do Brasil refletem nos custos individuais por paciente e qual o custo deste procedimento na perspectiva da saúde pública brasileira? São algumas das perguntas que as pesquisas de microcusteio multicêntricas, realizadas entre pesquisadores do IATS pelo Proadi-SUS, estão respondendo, explica a pesquisadora do IATS, Ana Paula Beck da Silva Etges. A engenheira de produção esteve este mês no Congresso ISPOR, ocorrido em Nova Orleans/EUA, onde exibiu poster em sessão da programação científica no evento.

“Neste estudo, os tempos médios de pós procedimento  variaram entre 1 hora e 18 horas nos hospitais analisados, e o custo médio entre os hospitais avaliado variou  entre US$ 980 e US$ 2,7 mil, sendo as diferenças explicadas pela forma de consumo de recursos (profissionais, estrutura física, materiais, medicamentos), pelo tempo do paciente no pré e no pós procedimento e também pela capacidade de compras de insumod pelas instituições”, descreveu.

Edição: Luiz Sérgio Dibe

Comentários desativados