Carga da Febre Chikungunya no Brasil

Apresentação

A Febre Chikungunya é doença infecciosa e incapacitante que vem se constituindo como um grave problema de saúde pública no Brasil. Nesse escopo, o estudo estimará a carga da febre Chikungunya no Brasil para os anos de 2016 e 2017 por meio do indicador DALY, além de descrever os casos em termos de tempo, pessoa e lugar. Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo realizado com base nos casos e nos óbitos por febre Chikungunya notificados no Sistema de Informação de Agravo de Notificação (SINAN) e no Sistema de Informação de Mortalidade (SIM). Os resultados preliminares indicam que foram registrados 236 mil casos de CHIKF com aproximadamente 500 óbitos em 2016 e 180 mil casos com 350 óbitos em 2017. Em relação Anos de Vida Ajustados por Incapacidade (DALY), em 2016, a carga estimada até o momento foi de aproximadamente 46 mil DALYs e em 2017 de 35 mil DALYs.

Status: Em Andamento
Início: Julho/2020

Conclusão Prevista: Junho/2022
Eixo temático: Doenças Infecciosas e Tropicais

Eixo metodológico: Pesquisas Epidemiológicas
Instituições coordenadora:
Universidade de Brasília – Núcleo de Medicina Tropical

Instituições participantes:
Universidade de Brasília
Coordenação: 
Henry Maia Peixoto (UnB e IATS)


Integrantes:
Emily Raquel Nunes Vidal (UnB)

Em Andamento